OEA: respeitem a vida, a família e os direitos dos pais

Agenda abortista e anti-família

 

OEA: respeitem a vida, a família e os direitos dos pais

vitoria!
0100.000
  55.607
 
55.607 pessoas já assinaram esta petição.

OEA: respeitem a vida, a família e os direitos dos pais

Nos dias 10 e 11 de abril, ocorrerá no Panamá a Cúpula das Américas. Entre os dias 8 e 10, ocorrerá a chamada “cúpula social”. Foram convocados os 34 chefes de Estado e de governo dos 34 países que fazem parte da OEA. Embora o documento oficial seja bastante vago – “prosperidade com igualdade” –, a organização tentará avançar sua agenda laicista, abortista e favorável ao lobby LGBT e à ideologia de gênero.

As organizações sociais e os cidadãos reunidos no dia 12 de março de 2015 no Diálogo Nacional da Sociedade Civil e Atores Sociais emitiram um documento preparatório preocupante do Fórum Hemisférico da sociedade civil. Dentre outras coisas, o documento propõe:

Priorizar o investimento em educação para a saúde, incluindo saúde sexual e reprodutiva.

Desenvolver programas de educação sexual, reprodutiva e de gênero.

Desenvolver políticas educativas e de pesquisa, formal e informal, com conteúdo de gênero.

Criar um fórum permanente interamericano e nacional das organizações da sociedade civil que promova a integração a partir da diversidade, cultura, igualdade de gênero e identidade sexual.

Como se pode ver, trata-se de uma agenda abortista e anti-família.

Por isso é tão importante tentar garantir que na Cúpula sejam esclarecidos os seguintes pontos:

1. Proteção do direito à vida. A Convenção Americana sobre Direitos Humanos estabelece em seu Artigo 4, parágraf0 1º, que:

 “Toda pessoa tem direito a que sua vida seja respeitada. Este direito estará protegido por lei e, em geral, desde o momento da concepção.”

O texto é claro: a promoção do aborto é inaceitável!

2. Promoção da família. Obviamente, da família natural entendida como a união entre um homem e uma mulher no matrimônio como célula básica da sociedade. A Convenção América sobre Direitos Humanos também fala sobre esse ponto em seu artigo 17, seção 1:

 “A família é o elemento natural e fundamental da sociedade e tem direito a ser protegida pela sociedade e pelo Estado.

Se os governos querem promover verdadeiramente – como dizem – a prosperidade e a igualdade, a família natural deve ser fortalecida e promovida

3.   Responsabilidade dos pais na educação sexual dos seus filhos. Infelizmente, algumas organizações estão fazendo pressão na OEA para promover a ideologia de gênero, a ingerência estatal na educação – instrução – sexual, o aborto e a homossexualidade. Não obstante, a Convenção Americana de direitos humanos é muito clara em seu artigo 12, parágrafo 4:

 “Os pais ou tutores, segundo seja o caso, tem o direito de prover a educação religiosa e moral de seus filhos ou pupilos que esteja de acordo com suas próprias convicções.”

A Cúpula das Américas deveria reafirmar o direito dos pais a educarem seus filhos conforme suas convicções, negando a imposição estatista de um modelo educativo ideológico.

CitizenGO estará presente na Cúpula das Américas para garantir que sua voz seja escutada. Ao assinar esta petição, entregaremos sua mensagem aos responsáveis políticos que estiverem na Cúpula. Defenderemos o direito à vida desde a concepção até a morte natural, a família natural e o direito dos pais a educarem seus filhos. 

+ Letter to:

This petition is...

Vitória!

Vida e família, chaves para prosperar com equidade

Aos representantes da OEA:

Sou cidadão brasileiro e quero ter certeza de que minha voz seja escutada na Cúpula das Américas, que ocorrerá entre os dias 8 e 10 de abril no Panamá, com o lema “prosperar com equidade”.

Gostaria de mencionar os seguintes artigos da Convenção Americana de Direitos Humanos:

  • Proteção do direito à vida: “Toda pessoa tem direito a que sua vida seja respeitada. Este direito estará protegido por lei e, em geral, desde o momento da concepção.”
  • Promoção da família: “A família é o elemento natural e fundamental da sociedade e tem direito a ser protegida pela sociedade e pelo Estado.”
  • Responsabilidade dos pais na educação sexual dos filhos: “Os pais ou tutores, segundo seja o caso, tem o direito de prover a educação religiosa e moral de seus filhos ou pupilos que esteja de acordo com suas próprias convicções.”
Chamo a atenção para a grave manipulação que houve na mesa de trabalho do tema Educação. Ao fim do dia de discussão na quinta-feira, o grupo havia aprovado a exclusão de qualquer menção a gênero. Porém, um pequeno grupo conseguiu impor a inclusão do termo por meio de uma manobra ardilosa, quando a decisão de sua remoção já havia se definido.  

Peço que vocês respeitem e promovam o desenvolvimento desses princípios. Sem a proteção do direito à vida, da família e do direito dos pais a educarem seus filhos não será possível prosperar com equidade. 

 


Atenciosamente,
[Seu nome]

OEA: respeitem a vida, a família e os direitos dos pais

Assine esta petição agora!

0100.000
  55.607
 
55.607 pessoas já assinaram esta petição.